18/10/2019

Leilão Estância Sá Brito registra valorização para touros participantes da 2ª PAC/CAR da ABCC e Embrapa Pecuária Sul

Reprodutores participantes e bem avaliados na 2ª Prova de Avaliação a Campo (PAC) e de Consumo Alimentar Residual (CAR) foram vendidos por mais de R$ 14 mil.

O Leilão da Estância Sá Brito abriu a agenda de remates da 77ª Exposição Agropecuária de Alegrete (RS), realizada no período de 15 a 20 de outubro de 2019 no parque de exposições Dr. Lauro Dornelles. Realizado na noite de 16 de outubro, quarta-feira, o pregão ofertou reprodutores Charolês PO e éguas Crioulas com a atuação da leiloeira Agenda Remates e com a assessoria de Nathã Carvalho. 

O ponto alto do remate foi a oferta dos quatro reprodutores da estância que participaram da 2ª Prova de Avaliação a Campo (PAC) e de Consumo Alimentar Residual (CAR) da raça Charolês na Embrapa Pecuária Sul em Bagé (RS). Divididos em duas duplas, cada um dos quatro animais foram comercializados por R$ 14.400,00 para três compradores diferentes, inclusive o campeão da prova "Sá Brito AP 4285". Os demais touros vendidos, todos avaliados pelo Promebo® (Programa de melhoramento genético de bovinos de corte) atingiram a média de R$ 8.000,00. A média geral dos reprodutores Charolês ficou em R$ 11.200,00, mantendo-se assim, a média acima de R$ 10 mil para touros comercializados na maioria dos leilões da raça ocorridos em 2019 nos estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 

Já as éguas Crioulas atraiu grande público e proporcionou pista limpa na oferta. Todas mansas e de pelagem moura, filhas de garanhões como "Macuco La Invernada" e de "Marinheiro do Cinco Salsos", ambos de linhagens consagradas na raça. A média ficou em R$ 6.112,00 por animal. Tanto os touros como as éguas foram comercializados em 16 parcelas. 

Julgamento de rústicos
O julgamento dos animais rústicos da raça Charolês da 77ª Exposição Agropecuária de Alegrete também aconteceu no dia 16 de outubro, porém no turno da manhã. Conduzida pelo Mestre em Zootecnia Nathã Carvalho, também gerente de fomento da Associação Brasileira de Criadores de Charolês, a avaliação consagrou o trio campeão 2 anos, composto pelos animais de tatuagem "4285", "4292" e "4293" como o trio grande campeão, sendo o reprodutor "Sá Brito AP 4285" o melhor rústico da exposição. Já o trio campeão 3 anos, formado pelos machos de tatuagem "4156", "4185" e "4191" foi escolhido como o trio reservado de grande campeão. Todos os exemplares campeões foram expostos pela Estância Sá Brito de Alegrete. 


COMPARTILHE: